PREFEITURA DE IGREJA NOVA PODE RETOMAR CONTRUÇÃO DA CRECHE AINDA ESTE MÊS DE JULHO

Obra da Creche onde deveria abrigar crianças para que seus pais trabalhassem durante o dia, foi paralisada pelo gestor anterior devido a falta de alimentação correta do Sistema de Monitoramento de Obras da Educação (SIMEC).

Nesta quarta-feira (05), Verônica Dantas Lima e Silva – Prefeita, Manoel Roque Gregório dos Santos – Vice-Prefeito de Igreja Nova – AL, Dr. Márcio Tenório Peixoto Filho – Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, e sua equipe Engenheiro Dr. Octávio Teixeira Soares Neto, e o Arquiteto Fillipo Lima, fizeram esclarecimentos acerta da construção da “CRECHE PROINFÂNCIA TIPO 2”, Projeto do Governo Federal, avaliada em R$ 1.206.040,97, paralisada pela gestão anterior por falta de alimentação correta do SIMEC.

Segundo a atual equipe de Infraestrutura, não sabe informar o verdadeiro motivo pelo qual os responsáveis pela obra na administração anterior, não conseguiram informar no sistema “SIMEC”, a transição entre o período de contratação e a execução da obra, o que motivou o bloqueio da liberação do restante dos recursos por parte do Governo Federal, prejudicando a empresa construtora que já construiu 45% (quarenta e cinco por cento) da creche, e só recebeu 20% (vinte por cento), inviabilizando assim sua conclusão.

Segundo o Engenheiro Octávio, a nova equipe está muito preocupada com a atual situação da obra, pois a mesma tem materiais caros, que estão se depreciando no tempo, levando sol e chuva, que possivelmente precisarão de reparos, quando a obra for retomada, gerando prejuízos a municipalidade. Porém, já está agendada para a próxima quarta-feira (12), sua viagem a Brasília (DF), juntamente com Ricardo Costa – Secretário de Educação, onde serão recebidos pela Senhora Eunice – Assessora Parlamentar do Deputado Federal Givaldo Carimbão, onde juntos envidarão esforços no Ministério da Educação e no FNDE, no sentido de desbloquear a obra da Creche.

ASCOM

Categorias: Infraestrutura

Sobre o Autor

Poste um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*