CURSOS DA AMA TÊM 96% DE APROVAÇÃO PELOS TÉCNICOS MUNICIPAIS

Apenas no primeiro semestre deste ano, a Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) ofereceu 10 cursos e já capacitou quase 800 técnicos. De acordo com as pesquisas de satisfação, o retorno é 96% de aprovação entre os participantes. Segundo Pedro Ferro, gerente de Apoio Institucional, a meta é atingir 2.000 pessoas até o final do ano.

O objetivo é fortalecer as equipes municipais com conhecimento e manter gestões públicas de qualidade. O presidente da AMA, Hugo Wanderley, garante que é a população que mais sai ganhando. “Queremos oferecer para população serviços públicos de excelência, para isso a gestão precisa ser eficiente e garantir, através de bons projetos, todos os recursos federais possíveis”, ressaltou.

A AMA está sempre à frente trazendo capacitações de assuntos de interesse das prefeituras, ajudando a manter os recursos dentro os municípios. Para Vitor Lopes, controlador geral de Satuba, a entidade tem sido uma das grandes parceiras das cidades alagoanas. “AMA sempre traz inovações. Recentemente, alguns cursos, por exemplo, visam manter e garantir os recursos dentro dos municípios e evitar que voltem por má execução e má elaboração ”, afirmou.

Segundo Agostinho Paim, superintendente de convênios de Arapiraca, as capacitações são a certeza de levar mais benefício e conhecimento para o seu município. “Agora, com essas ferramentas vou desempenhar melhor o papel fui incumbido. É fundamental essa parceria com a AMA, porque vai fortificar as equipes que trabalham nos municípios, e, assim, elas têm melhores condições de desempenhar suas funções”.

Ao longo dos anos, a entidade procura diversificar os temas e informações dos cursos e reuniões. Lidya Miranda, assessora de projetos de Inhapi, garantiu que os cursos têm sido cada vez melhores, mais direcionados para as necessidades das pessoas que atuam na gestão municipal.  “Nesses sete anos que eu venho desempenhando essa função, a AMA tem sido importantíssima, porque nos proporciona uma melhor qualificação para que a atuação dos municípios seja bem melhor”, completou.

Já Amanda Alves, Superintendente da Semed de Marechal Deodoro, o papel da AMA supre a necessidade que os municípios estão vivenciando no momento. “Além de todo apoio que a gente tem, quando o município necessita de qualquer coisa, como no caso das enchentes, por exemplo, a AMA auxilia”, afirmou.

por agencia AMA

Categorias: Administração

Sobre o Autor

Poste um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*